Qual a importância do tabaco no desenvolvimento da doença periodontal?

 Efeito do tabaco nos dentes

Os estudos demonstram que o tabaco é um dos fatores de risco mais significativo no desenvolvimento da doença periodontal.

Os fumadores têm mais probabilidades de que ocorra a formação de cálculos em redor dos dentes, que surjam bolsas mais profundas entre a gengiva e o dente e que se destruam os tecidos adjacentes.

O tabaco altera as defesas na zona das gengivas e permite às bactérias tornarem-se mais agressivas. O sistema imunológico demora mais tempo a atuar e está mais debilitado, o que permite à placa bacteriana atuar com maior prejuízo para a conservação dos dentes.

Para além disto, os componentes do tabaco (alcatrão, nicotina, entre outros) fazem com que o osso que suporta os dentes se altere e entre em modo de reabsorção óssea, modificando, assim, a funcionalidade destes dentes.

Os fumadores que se submetam a um tratamento, seja de periodontia, cirurgia, implantes ou outros, devem estar conscientes da forma muito negativa como o tabaco afeta o êxito desse tratamento.

FAQ BQDC

Procurar clínica de medicina dentária

Buscar clínica dental